G 310 GS deve ser estrela da BMW no Salão Duas Rodas 2017

1
188

G 310 GS: “Baby GS” tem roda 19 na dianteira e suspensões de longo curso. Preço deve girar em torno de R$ 25.000

BMW_G310GS_01
A nova BMW G 310 GS foi apresentada na última edição do Salão de Motos de Milão (ITA)

TEXTO: Aldo Tizzani/ Agência INFOMOTO
FOTOS: Arthur Caldeira / Agência INFOMOTO e Divulgação

G 310 GS deve ser estrela da BMW no Salão Duas Rodas 2017

A indústria de duas rodas tem um grande desafio pela frente: trazer novos consumidores para o “mundo moto”, que ultimamente têm preferido os smartphones e tablets às motos. Por isso, a BMW resolveu ampliar sua linha 310 e lançou a G 310 GS no Salão de Milão 2016. Como denuncia o sufixo “GS”, a pequena aventureira tenta reproduzir em menor escala a tecnologia e as linhas do modelo mais vendido da marca em todo mundo, a bigtrail R 1200 GS.

BMW_G310GS_03
As linhas da G 310 GS são inspiradas na bigtrail R 1200 GS, moto mais vendida da BMW
BMW_G310GS_05
A moto deverá será montada no Brasil, na nova fábrica da BMW em Manaus (AM)

Baseada na urbana G 310 R, a versão GS usa o mesmo motor DOHC de um cilindro, 313 cc, com quatro válvulas, capaz de produzir 34 cv de potência a 9.500 rpm. O câmbio é de seis velocidades, com embreagem multidisco banhada em óleo. Diferentemente de sua irmã maior, a “baby GS” tem transmissão final por corrente.

BMW_G310GS_09
O motor monocilíndrico da G 310 GS gera 34 cv de potência a 9.500 rpm
BMW_G310GS_02
A mini aventureira da montadora alemã está focado no público jovem

Roda aro 19

Embora compartilhe o mesmo motor da versão “R”, a G 310 GS tem uma proposta mais versátil. Para isso, usa aro 19 na dianteira e suas rodas de liga-leve são calçadas com pneus de uso misto (110/80 R19, na frente e 150/70 R 17, na traseira).

O conjunto de suspensões traz garfo telescópico invertido de 41 mm de diâmetro, na dianteira, e um monoamortecedor traseiro – ambos com bom curso de 180 mm na roda. Toda a ciclística é ancorada por um quadro construído em treliça de seção tubular.

Dotada de freios ABS, a G 310 GS tem disco de 300 mm na dianteira, com pinça de pistão duplo, e disco de 240 mm na roda traseira. O peso da pequena aventureira é de 169,5 kg a seco.
Pelo que tudo indica, a moto oferece uma posição de pilotagem bem natural, projetada para uso on e off-road, adaptada para diversos tipos de vias e públicos. Pois o assento oferece regulagem de altura em três posições: 820mm, 835 mm e 850 mm.

BMW_G310GS_06
Na dianteira, a 310 GS conta com suspensão invertida, disco simples e roda de liga leve
BMW_G310GS_08
O assento tem três regulagens de altura: 820mm, 835mm e 850mm

O painel de instrumentos é o mesmo utilizado na G 310 R, ou seja, uma tela de LCD digital multifunções. O sistema de iluminação usa LEDs no farol e na lanterna. No Salão de Motos de Milão 2016, a BMW também apresentou uma completa linha de acessórios para a pequena GS. A marca alemã idealizou um kit viagem que inclui três malas, manoplas aquecidas e suporte para celular e GPS.

BMW_G310GS_07
Completo, o painel LDC é o mesmo utilizado na sua prima-irma, a naked G 310 R

A exemplo do modelo urbano da linha, a G 310 GS também será nacionalizada e vendida no Brasil. A “baby GS” deverá ser a estrela da BMW no Salão Duas Rodas 2017, que acontece em São Paulo (SP), em novembro. A mini aventureira terá três opções de cores: preto, vermelho e branco. O preço ainda não foi definido, mas deve ficar em torno de R$ 25.000.

BMW_G310GS_04
A moto terá três opções de cores: preto, vermelho e branco

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


+ oito = 12