Estilo, cada um tem o seu?

2
752
Estilo, cada um tem o seu?

Certo é que cada vez mais nos deparamos com um quantidade enorme de estilos e referências, sem dúvida nenhuma a multidiversidade é a mãe e o pai da geração Y e isso já é marca registrada ®

Imaginemos então, o quanto é difícil imprimirmos uma marca, uma identidade, aquilo que possamos definir como estilo. Esses dias mesmo fiquei bem confuso com a questão!?

Numa entrevista de um piloto pelo campeonato mundial de motovelocidade, pude ver uma pequena fagulha dessa fogueira, a relação entre estilo e realidade, então, me perguntei: ” Qual seria o estilo dele?”

valentino_oakley

Ok, vamos lá, o piloto ganhou a prova e quando entrevistado, disse: “estou muito feliz com o resultado, demos duro pra chegar lá, mas quero agradecer algumas 'pessoas'… Oakley, Nike, DC Shoes etc.” A lista se estendeu por quase 1 minuto!!

Pensa bem, se esse cara for usar todas essas marcas durante o dia, com certeza o dia dessa pessoa tem de ter no mínimo 48 horas, fala sério! Só de patrocínio de tênis o atleta tem dois, de roupa então, o único jeito seria mesmo colocar uma em cima da outra, o sujeito literalmente se transformaria em um outdoor ambulante.

BAh7CGkKIgo0NjJ4MGkLbCsHSMS2UGkIaQNXFwM

Estilo, cada um tem o seu?

Essa relação entre esporte e marcas já é antiga e tem trazido benefícios a todos os envolvidos, ok e de que modo? Sim, quando uma marca desenvolve um produto voltado para o esporte, temos uma estrutura, técnicos, designers, toda uma equipe com um único foco, melhorar o produto e consequentemente a performance do atleta, e nós os chamados consumidores saímos beneficiados também.

Claro que não são todas as marcas que trabalham com essa filosofia, com certeza é muito mais fácil identificá-las a partir de alguns esportes como no caso da motovelocidade.

Atletas como Valentino Rossi entre outros sabem bem disso, e se valem dessa experiência de forma positiva. O fato de observarmos o atleta com um boné legal, um óculos bacana, um tênis bonito, não está somente ligada ao patrocínio, quantos de nós não gostaríamos de um item desejado como estes? E o que muitos de nós não sabemos é que essa relação está ficando cada vez mais pessoal.

Essa experiência é única e determinante, algumas marcas já a desenvolvem, e sabem o valor que ela tem para o seu público, uma delas no caso é a Oakley. Transformar a experiência é parte do seu dia à dia. Quem já comprou um óculos da marca, sabe bem o que significa isso. Valores agregados como assistência técnica vitalícia para alguns itens, eventos para associados etc. Com certeza não é pra qualquer marca.

Definitivamente o Oakley Holbrook é um acessório que nos agrada como proprietários de motocicletas e carros em geral, não só pelo objeto em si, mas por toda gama de valores agregados nas quais nos relacionamos com a experiência, nos conectando a alguns desses momentos diferenciados de prazer, num passeio ou em um evento ligado ao esporte, fazendo com que nos relacionemos e nos identifiquemos uns com os outros.

No site do fabricante é possível customizá-los e deixar o óculos com o seu estilo.

holbrook_example

Estilo e referência deveria ser algo que faça com que você se sinta livre, à vontade e que consiga trazer satisfação. Ter uma referência é legal, gostar de algo estiloso é bacana, mas cuidado para que esse estilo não se torne um fardo, se não, daqui à pouco vamos encontrar todo mundo na rua pintado de azul, aí não vai adiantar dizer que: “tim enganaram.”

Bem, na realidade nosso papel não é julgar ou definir, o que está sendo conversado aqui é: procure a sua identidade, imprima a sua marca, exalte o seu estilo, de modo confortável e original.

Estilo, cada um tem o seu? O Valentino Rossi tem o dele.

 

2 COMENTÁRIOS

    • Caro Marcio,
      agradecemos muito!

      Bem dizer a verdade, são vocês internautas que valorizam e fazem o Best Riders ser o que é.

      Um grande Abraço.
      Equipe Best Riders.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


oito × 2 =