Ducati Monster 1200 chega ao Brasil por R$ 57.500

2
276

Destaque no Salão de Milão 2013, a Monster 1200 chega ao mercado brasileiro por R$ 57.500. A versão top de linha Ducati Monster 1200 S será comercializada por R$ 68.900.

Monster 1200S_

Foto: Divulgação

Ducati Monster 1200 chega ao Brasil por R$ 57.500

A Monster 1200 chega ao mercado equipada com o motor 1198 Testastretta 11° Dual Spark com dois cilindros em “L” (um “V” a 90°) – derivado da Superbike -, com 1198 cm³ de capacidade com arrefecimento líquido, quatro válvulas por cilindro e capaz de produzir 135 hp.  O motor está totalmente integrado às mais recentes tecnologias da Ducati, tais como acelerador eletrônico Ride-by-Wire (RbW), que usa o inovador acelerador e-Grip da Ducati.

O modelo chega ao mercado com um novo chassi Trellis, projetado com componentes de alta qualidade e, como nas Superbikes da marca, o chassi é diretamente fixado diretamente ao motor.

Ducati Monster 1200 e 1200S
Ducati Monster 1200 e 1200S

Já o modelo Monster 1200 S (top de linha), concebido para remeter a nova motocicleta às potentes S4R e S4RS, chega com motor de 145 hp e 12,72 kgfm de torque, com apenas 182 kg de peso seco, garantem maior poder de aceleração. Freios com sistema ABS Bosch Brembo e controle de tração que integram o Ducati Safety Pack (DSP), braço oscilante unilateral e rodas de liga leve com 10 raios e 17 polegadas (pneus nas medidas 120/70 na dianteira e 190/55 na traseira).

As novas Monster 1200 e 1200 S também estão equipadas com ajuste de altura do assento, como 8 níveis de controle de tração, 3 níveis de frenagem ABS e 3 níveis do acelerador RbW, todos integrados aos módulos de pilotagem, que podem ser modificados com um toque de botão, mesmo com a motocicleta em movimento.

Monster 1200 chega ao Brasil no final do primeiro semestre na cor e quadro vermelho Ducati e rodas pretas. O preço praticado no país será de R$ 57.500, já a Monster 1200 S  poderá ser adquirida por R$ 68.900.

>> Conheça nossa Loja de motos

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns para a Harley-Davidson e a Triumph que entraram na briga para ganhar. A Ducati não aprendeu que se quiser vender mais no Brasil, precisa baixar os preços. Acertou com a Diavel e vai errar com a Monster e com a Multistrada 1200. Pura ganância. Pena.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


× quatro = 36