Dani Pedrosa vence no Japão em corrida emocionante

Competição, Notícias, Últimas

Dani Pedrosa MotoGP Dani Pedrosa vence no Japão em corrida emocionanteFoto: Divulgação

O espanhol Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, foi quem fez a melhor largada e assumiu a liderança logo na primeira curva, à frente de Dani Pedrosa. Randy de Puniet, da Power Electronics Aspar, sofreu uma queda na primeira volta, mas conseguiu voltar à corrida, enquanto Ben Spies (Yamaha Factory Racing) caiu na segunda volta. Para ser franco, assistimos diversas quedas no início da prova do Grande Prêmio do Japão do MotoGP, em Montegi, com Yonny Hernandez (Avintia Blusens) também indo para o chão, deslocando o ombro esquerdo e sofrendo contusão no pé esquerdo.

Casey Stoner (Repsol Honda) também fez boa largada e assumiu a quarta posição, atrás de Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3), em terceiro. Porém, três voltas mais tarde, Stoner foi superado por Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini). Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) seguia o australiano de perto, enquanto se defendia dos ataques de Andrea Dovizioso (Tech 3), que estava em sétimo.

Faltando 17 voltas para o final, Lorenzo e Pedrosa contavam já com boa vantagem na frente, com Crutchlow isolado no terceiro lugar. Stoner tentou de tudo para realizar uma ultrapassagem sobre Bautista, mas o espanhol conseguiu se defender muito bem contra o australiano. Enquanto isso, Valentino Rossi (Ducati Team) seguia em oitavo e lutava para acompanhar o ritmo de Dovizioso à sua frente.

Quando faltavam 13 voltas para o final, Pedrosa levou a melhor à saída da Curva 4 e conseguiu ultrapassar seu compatriota Jorge Lorenzo na reta e assumiu a liderança da prova, dando logo sinais de maior velocidade com a sua Honda. Enquanto Lorenzo tentava acompanhar, Bautista aproximava-se lentamente de Crutchlow, que esteve bem ao evitar uma queda. Cinco voltas depois, De Puniet abandonou a prova. Na mesma volta, Dovizioso ultrapassou Stoner.

A seis voltas do fim, Pedrosa tinha uma vantagem bastante tranquila em relação a Lorenzo, enquanto uma volta mais tarde Bautista impunha-se para ultrapassar Crutchlow conquistar a terceira posição, que contou com uma disputa acirrada. O britânico respondeu quase de imediato com uma manobra por dentro, mas Bautista voltou a responder na curva seguinte, onde ambos se tocaram. No entanto, Crutchlow ficou sem combustível na última volta e precisou abandonar.

Dani Pedrosa continuou pilotando com calma, cruzou a linha de chegada e recebeu a bandeira quadriculada em primeiro lugar, com Jorge Lorenzo e Álvaro Bautista a completarem o pódio de espanhóis. Pedrosa está agora a 28 pontos de Lorenzo no campeonato, faltando apenas três corridas para o fim da temporada 2012. Dovizioso foi o quarto, seguido por Stoner, Bradl, Rossi e Nicky Hayden (Ducati).

Foi uma corrida difícil, porque o ritmo esteve muito rápido desde o início. Tentei compreender a moto, já que ontem tivemos muita vibração, e não sabia como estaria hoje. No início não esteve muito mau, mas depois piorou durante a corrida. Administrei a situação da melhor forma que pude e mantive-me com o Jorge; consegui uma trajetória melhor à saída da curva, o ultrapassei e depois fiz umas boas voltas para conseguir vantagem. Jorge tentou manter-se comigo, mas depois decidiu ficar com o segundo lugar. Fizemos o que tínhamos de fazer e só foi uma pena não haver mais ninguém que nos consiga acompanhar, porque em todas as corridas que ganhei ele foi sempre o segundo. De todas as formas, vencer corridas é uma grande sensação. Obrigado à Honda e a toda a equipe, estou mesmo contente por voltar a vencer aqui em Motegi!”, afirmou Dani Pedrosa após a corrida.

Veja como ficou a classificação dos 10 primeiros colocados (veja a classificação completa):
1 Jorge LORENZO – Yamaha, 310
2 Dani PEDROSA – Honda, 282
3 Casey STONER – Honda, 197
4 Andrea DOVIZIOSO -Yamaha, 192
5 Alvaro BAUTISTA – Honda, 144
6 Valentino ROSSI – Ducati, 137
7 Cal CRUTCHLOW – Yamaha, 135
8 Stefan BRADL – Honda, 125
9 Nicky HAYDEN – Ducati,101
10 Ben SPIES – Yamaha, 88

No Moto2, o brasileiro Eric Granado, voltando a competir após uma série de lesões, chegou na penúltima colocação, cruzando a linha de chegada no 28º lugar do Grande Prêmio do Japão, em Montegi.

Comentário Best Riders


oito + 4 =