Dafra faz parceria com MV Agusta na produção de motos em Manaus

1
699
Mv Agusta F4

Fotos: Dafra e MV Agusta

Foi anunciada oficialmente ontem (21/06) a parceria entre a Dafra e a marca italiana MV Agusta no Brasil. Inicialmente serão montados os modelos F4 e Brutale em regime CKD (Complete Knocked Down), onde as motos chegarão completamente desmontadas na fábrica da Dafra em Manaus, AM. A parceria deve representar uma redução sensível no preço das motos, que antes eram importadas pelo Grupo Izzo. Mais para frente deverão ser comercializadas por aqui também a tricilindrica F3, com 675 cm³, e também sua versão streetfighter, a Brutale 675.

O acordo entre as empresas, que iniciaram contato há cerca de um ano, é parte do plano de expansão da Dafra. A marca estreou em 2008 no mercado brasileiro com o modelo Apache RTR 150, produzido em parceria com a chinesa Haojue e a indiana TVS. Logo após a Dafra firmou acordo com a taiwanesa SYM para a produção do scooter Citycom 300i, que foi sucesso de vendas devido suas características inéditas. O próximo passo da Dafra seria um acordo com a inglesa Triumph, que chegou a ser cogitado no início de 2010. Entretanto, o progresso das negociações travou por causa das muitas mudanças de rumo de John Bloor, comandante da marca britânica.

 

MV Agusta Brutale

 

A partir de então a MV Agusta passou a ser o foco das atenções. A empresa italiana será a primeira marca “premium” da Dafra,e poderá se beneficiar da ótima estrutura produtiva que a fábrica em Manaus oferece. As MV Agusta made in Manaus deverão ser apresentadas já em novembro deste ano no Salão da Moto, na cidade de São Paulo. Além disso a marca italiana terá no país uma rede exclusiva de concessionárias.

 

Da esquerda para direita: Mário Sergio Franco, presidente do Grupo Itavema; Umberto Uccelli, diretor comercial e de marketing da MV Agusta; Creso Franco, presidente da Dafra Motos; Massimo Bordi, vice-presidente MV Agusta

 

Mercado de motocicletas premium

Essa é a primeira vez que a MV Agusta entra em acordo para a produção de suas motocicletas fora de sua fábrica em Varese, na Itália. Segundo Massimo Bordi, vice-presidente executivo da MV Agusta, essa ação é a confirmação da confiança da empresa italiana no desenvolvimento do mercado brasileiro, considerado muito estratégico pelo executivo.

De acordo com ele, a escolha da DAFRA Motos como parceira foi motivada pelo profundo conhecimento da empresa sobre o mercado de motocicletas nacional e pela possibilidade de se estabelecer uma relação duradoura também para projetos futuros.  Além disso, por conta do contínuo crescimento econômico do país e de seu protagonismo no cenário mundial, também impulsionado nos próximos anos por eventos como a Copa do Mundo FIFA em 2014 e Jogos Olímpicos em 2016, a DAFRA e a MV Agusta acreditam que o Brasil apresenta e possibilita um horizonte de negócios promissor para o segmento de produtos premium.

DAFRA Motos – www.daframotos.com.br

Terceira marca mais vendida do País, a DAFRA Motos é uma empresa brasileira e pertence ao Grupo Itavema, com mais de 30 anos de história no Brasil. Além da parceria firmada recentemente com a SYM, companhia com forte atuação em importantes mercados, como Ásia, Europa e Estados Unidos, em 2009 a DAFRA firmou acordos estratégicos com

MV Agusta – www.mvagusta.it

MV Agusta representa a história romântica do motociclismo italiano, fundado na paixão, no sucesso no automobilismo e no desempenho dos modelos mais extremos. É a marca mais exclusiva do setor de motocicletas no mundo inteiro.

Um mito sancionado por 75 títulos mundiais (37 fabricantes e 38 pilotos) e celebrado por meio de produtos capazes de conquistar a apreciação de entusiastas e especialistas. Estilo distinto e sedutor são marcas comerciais dos modelos F4 e Brutale da MV Agusta, equipados com um refinado motor de quatro cilindros em linha com válvulas radiais. Uma peculiaridade que torna os modelos únicos no mundo do motociclismo. Prestígio e exclusividade são qualidades que caracterizam o grupo.

1 COMENTÁRIO

  1. Uma otima noticia, sou muito fã das MV Agusta, sempre sonhei em ver elas na estrada, mais é muito raro, agora penso que poderei realizar este sonho, mais o preço das motos, isso que eu gostaria de saber, se a F3 conseguir chegar com um bom preço, acho que tem tudo pra ganhar mercado e brigar com a CBR 600RR que ao meu ver é a lider de marcado aki no Brasil.

    Abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


− 5 = quatro