Confira os dois novos lançamentos da Honda no Brasil

1
111

A Honda tem mais dois modelos para serem apresentados no segundo semestre de 2012. Um é a nova GL 1800 Gold Wing que lançada em julho e o outro é lançamento da VFR 1200X CrossTourer que chegará nas lojas em outubro.

A nova Gold Wing traz grandes novidades, principalmente no design, assim como o farol, o novo bagageiro, marcha ré e freios ABS, além de possuir conexão USB e painel de LED.  A traseira também está com novo design, com o conjunto de luzes reposicionado acima da placa e bagageiros e que se integram com o visual geral da motocicleta.

A GL 1800 Gold Wing é um legítimo modelo para longas viagens. Esta sua vocação estradeira é reforçada por três compartimentos de bagagem, que na versão 2012 foram reformulados. A capacidade total de carga passou de 147 para 150 litros. Todos harmonizam e se integram ao design geral da motocicleta, além de possuírem travas, que podem ser acionadas à distância por meio de controle remoto.

Outro atributo que torna o modelo ideal para percursos mais distantes são os assentos, considerados os mais confortáveis da categoria. Com apenas 740 mm do solo, o assento do condutor é largo e possui apoio lombar, enquanto que o do passageiro tem nível e encosto mais altos em relação ao do piloto, proporcionando ampla visão e o máximo conforto e prazer durante longos percursos. O garupa conta ainda com plataforma para apoio dos pés, o que traz mais comodidade nos passeios e viagens.

O prazer em viagens também é assegurado pelo sofisticado sistema de som com SRS CS. A novidade fica por conta dos seis alto-falantes, com tecnologia de som surround e com entradas para iPod, iPhone e USB, além de permitir ouvir músicas em formato MP3, WMA e AAC. O modelo mantém ainda a pré-sintonização de 12 estações de emissoras de rádio AM/FM, compensador automático de volume e silenciador automático. Os comandos estão embutidos no console.

Destaque também para a altura do para-brisa, que pode ser regulada, sem perder a característica de proteção ao motociclista. Ainda junto ao para-brisa existem aletas de ventilação e difusores de ar, que também são encontrados mais abaixo, próximos à carenagem, para melhor controle do fluxo de ar.

Para completar o conjunto, o piloto automático, eletrônico e de fácil operação, mantém estável a velocidade selecionada pelo condutor. Já o sistema de marcha a ré com acionamento elétrico, operado por um simples toque de botão, permite movimentar o veículo mesmo em condições de inclinação de piso.

As principais características da GL 1800 Gold Wing foram mantidas. O modelo é equipado com o motor OHC (Over Head Camshaft), de 1.832 cm3, seis cilindros contrapostos, 12 válvulas (duas por cilindro), arrefecido a líquido.
O modelo gera potência máxima de 118 cv a 5.500 rpm e torque máximo de 17 kgf.m a 4.000 rpm.

Seu sistema de injeção eletrônica é do tipo PGM-FI (Programmed Fuel Injection), com unidade ECU (Electtronic Control Unit), que consiste em dois mapas digitais 3D, um de injeção de combustível e outro mapa digital de ignição, ambos disponíveis em cada um dos cilindros.

Já a VFR 1200X Crosstourer terá pneus sem câmara e motor de 4 cilindros em V. O modelo chega ao Brasil para atrair os motociclistas que buscam uma motocicleta versátil e de pilotagem prazerosa. A VRF 1200X Crosstourer combina tecnologia e design inovador. Representante da categoria “Big On Off Touring”, é ideal para quem busca uma motocicleta para uso misto ou trajetos de longa distância com grande desempenho e segurança.

A Honda pensou em cada detalhe ao projetar a VFR 1200X Crosstourer. Seu design foi inspirado na linha VFR e transmite um estilo imponente e agressivo. Na parte frontal o destaque está no conjunto para-brisa e o óptico com faróis sobrepostos, ambos com apelo mais moderno em suas linhas. Outro ponto de destaque são os piscas. Equipados com LED, geram melhor visibilidade na sinalização noturna.

O modelo é equipado com para-brisa regulável, que pode ser ajustado na posição adequada para melhor proteção contra o vento. Outro destaque do modelo são os protetores de mãos, reguláveis em três posições.  Inspirados nas motocicletas de competição off-road, garantem proteção contra o vento e outros elementos.

O painel de instrumentos combina tecnologia, sofisticação e funcionalidade. Posicionado na linha de visão do piloto, o velocímetro é totalmente digital em tela de LCD. Dos lados estão os indicadores de combustível e da temperatura do motor. O painel conta ainda com informações sobre rotação do motor, hodômetro, consumo de combustível (instantâneo e médio), relógio e utilização do sistema de dupla embreagem.

A VFR 1200X Crosstourer é equipada com o motor V4, quatro tempos, arrefecido a líquido, com 1.236,7 cm3, e configuração diferenciada para modelos com vocação estradeira. Por ser estreito e compacto, contribui para a centralização de massas, oferecendo excelente maneabilidade.

Desenvolve potência máxima de 129,2 cv a 7.750 rpm, e torque de 12,8 kgf.m a 6.500 rpm. O propulsor foi desenvolvido para entregar potência em baixa e média rotação, além de ter excelente torque.

Além disso, recebe a tecnologia UNICAM, que utiliza apenas um comando de válvula por cabeçote, ao invés de dois. As válvulas de admissão são acionadas por cames (ou ressaltos) e as válvulas de escape, via balancis roletados, objetivando compactação e redução de peso do motor.

O modelo é alimentado por sistema de injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection), que contribui para a redução do consumo de combustível em todas as situações de uso.

Equipada com um conjunto de freios encontrados nos modelos superesportivos, a VFR 1200X Crosstourer dispõe de disco duplo de 310 mm na dianteira, e na traseira, disco simples de 276 mm. Combinado com o moderno sistema Combined ABS (C-ABS), o conjunto garante equilíbrio de frenagem entre a dianteira e a traseira, e contribui para a pilotagem dentro de grandes centros urbanos ou estradas.

Como são motocicletas de ponta os preços estarão salgadinhos, a Gold Wing sairá a R$96.000 e o da VFR 1200X R$60.900. Mais detalhes informaremos ao longo de seus respectivos lançamentos.

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de saber se tem previsão para a linha NC(S ou X) para o Brasil?
    E também se tem alguma chance de virem pra cá com o cambio automatizado, que é o grande diferencial delas na minha opinião.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


3 − dois =