Checa confirma favoritismo e abre vantagem no WSBK

3
430

Depois de dominar todos os testes pré-GP e fazer a superpole, o piloto espanhol Carlos Checa, da equipe Althea Racing Ducati, confirmou seu favoritismo e venceu as duas baterias da primeira etapa do Mundial de Superbike, disputada neste domingo na pista de Phillip Island, na Austrália.

Na primeira bateria, Checa perdeu o primeiro posto logo na largada para o estreante irlandês Eugene Laverty, entretanto, bastaram apenas três voltas para que o espanhol assumisse a ponta. Biaggi até insinuou que tentaria alguma coisa, mas quando assumiu a segunda colocação, a Ducati já havia aberto boa vantagem e, assim, o italiano optou por garantir a segunda posição. A briga pelo último lugar no pódio foi uma disputada e interessante batalha entre Haslam (BMW), Melandri e Laverty (ambos de Yamaha), Michel Fabrizio (Suzuki) e Jonathan Rea (Honda).  Melhor para Haslam, que garantiu o primeiro pódio da marca alemã na temporada.

A segunda bateria teve um início com cara de replay para Checa. Ela vacilou um pouco na largada e perdeu a primeira posição — desta vez para o motivado Haslam —, mas apenas três voltas depois a Ducati já apontava em primeiro na reta. Biaggi caiu para oitavo logo na primeira volta, o que praticamente afastava qualquer esperança de vitória, entretanto, pilotando muito e com uma Aprilia velocíssima, no final repetiu o segundo lugar depois de uma emocionante disputa com Melandri e sua Yamaha, que acabou a bateria na terceira posição.

Mesmo sendo uma das motos mais lentas de reta (301,1 km/h da 1098R de Checa contra 318,9 km/h da Aprilia RSV4 de Biaggi), a Ducati mostrou  que a entrega de torque característica do V-Twin será uma forte vantagem frente ao tetracilíndricos japoneses em pistas mais travadas, como é o caso de Phillip Island.

O GP da Europa, segunda prova da temporada, acontecerá dia 27 de março, em Donington Park. Por enquanto, a classificação dos 10 primeiros é a seguinte:

Carlos Checa Ducati 50 pontos
Max Biaggi Aprilia 40 pontos
Marco Melandri Yamaha 27 pontos
Leon Haslam BMW 18 pontos
Michel Fabrizio Suzuki 18 pontos
Jonathan Rea Honda 17 pontos
Noriyuki Haga Aprilia 16 pontos
Tom Sykes Kawasaki 15 pontos
Eugene Laverty Yamaha 14 pontos
10º Jakub Smrz Ducati 14 pontos




3 COMENTÁRIOS

  1. Amigos, acho que o título da chamada está errado, deveria ser “Checa contrariando o favoritismo da Aprilia e da BMW abre vantagem da WSBK”!!!!

    Todos davam a Ducati como morta este ano no campeonato mundial da SBK!! Várias sátiras circularam pelos jornais e sites mundo afora dando conta que a fábrica de Borgo Panigale não estava a altura para competir com os evoluídos motores da Aprilia e especialmente o espetacular motor de quase 190 e poucos cavalos da BMW.

    Eis que uma equipe satélite comandada pelo Sr. Genesio Bevilacqua e com oapoio da fábrica, vence as duas etapas inaugurais do campeonato com o velho, combalido e defasado motor Ducati Testastretta 1098R. Repito 1098R.

    Assim creio que este ano a Ducati não é a favorita para o campeonato, mas no que depender do Carlos Checa e dos Tifosi Ducatisti tenho certeza que o cuori desmodromico que pulsa na bela Ducati 1098R da equipe Althea dará muito trabalho ao Biagi e para a BMW que ainda não mostrou a cara na SBK.

    abs

    Carlos Ludman

    • Carlos, concordo plenamente com você quanto à surpresa que foi a Ducati frente às favoritas Aprilia e BMW. Quando disse “confirma o favoritismo”, me referi ao domínio que ele apresentou durante toda a pré-temporada e treinos em Phillip Island. Obrigado pelo comentário. Um abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


× seis = 30