CET promoverá Semana da Carona Solidária em São Paulo

1
334

Semana da Carona Solidária em São PauloFoto: Guiborducchi/Wikimedia Commons

Para comemorar o Dia Mundial Sem Carro, dia 22 de setembro, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) promoverá a Semana da Carona Solidária em São Paulo, entre os dias 17 e 21 deste mês. A programação contará com nove Faixas de Carona Solidária. A ação tem como objetivo incentivar a carona solidária. Você já carrega alguém na garupa da sua moto?

No Dia Mundial Sem Carro, um evento internacional que ocorre todos os anos, os motoristas são convidados a deixar o carro na garagem e utilizar outros meios de transportes, além de pegar carona. O objetivo da iniciativa é combater a poluição do ar, a emissão excessiva de gases (efeito estufa) e estimular o uso do transporte coletivo. E podemos ainda falar que o trânsito fica mais tranquilo para nós, motociclistas. Concordam?!

Com as Faixas de Carona Solidária reversíveis, a CET busca aumentar a capacidade de fluxo das vias, melhorando as condições do trânsito na cidade de São Paulo. Veja os locais onde estarão essas faixas:

LOCAL TRECHO SENTIDO EXTENSÃO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
Ponte da Bandeiras/Santos Dumont Praça Campo de Bagatele e Rua dos Bandeirantes B / C 1050 6:00 ÀS 9:00
Avenida Luiz Dumont Vilares Rua Viri e Praça Orlando Silva B / C 450 6:00 ÀS 9:00
Ponte da Casa Verde Avenida Braz Leme e Rua Baronesa de Porto Carreiro B / C 650 6:00 ÀS 9:00
Ponte da Casa Verde Rua Baronesa de Porto Carreiro e Avenida Braz Leme C / B 650 17:00 ÀS 20:00
Ponte dos Remédios Avenida dos Remédios e Rua Major Paladino B / C 630 6:00 ÀS 9:00
Avenida Radial Leste Rua Pinhalzinho e Rua do Glicério B / C 9250 6:00 ÀS 9:00
Avenida Radial Leste Rua do Glicério e Rua Vilela C / B 7000 17:00 ÀS 19:30
Morumbi/Giovanni Gronchi Rua José Pepe e Rua Alberto Penteado B / C 600 6:30 ÀS 9:30
Ponte João Dias Ponte João Dias e Rua Bento Branco de Andrade Filho B / C 700 6:00 ÀS 8:30

Além dessa iniciativa, a CET analisará a adesão da população à Semana da Carona Solidária. Segundo assessoria da entidade, no Dia Mundial Sem Carro de 2011 foi feita operação semelhante que resultou em adesão de até 58% na Radial Leste e 46% na Ponte das Bandeiras, por exemplo. A Ponte dos Remédios foi a via que apresentou o maior índice de adesão dentre todas as nove faixas reversíveis:  78% dos veículos estavam com mais de um passageiro no Dia Mundial Sem Carro em 2011.

Ainda segundo a assessoria do órgão, o estudo do Desempenho do Sistema Viário Principal (DSVP) de 2011 da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) mostra que nas 32 rotas pesquisadas, que corresponde a 255 km lineares de vias principais da cidade, 78% do volume contado nas horas picos era composto de automóveis, 3% de ônibus urbano e 1% de ônibus fretados (o índice inclui ônibus escolares), além de 15% de motos e 3% de caminhões.

1 COMENTÁRIO

  1. Essa história de carona solidaria é uma tremenda piada. Primeiro o governo libera IPI para facilitar a compra de carro e polular a cidade com uma avalanche de carros.
    Em seguida o governo vem com essa historia de carona solidaria para tentar amenizar o transito.
    Tem até site para o pessoal de cadastrar e pedir carona. Vem ca, o governo acha que vou lotar meu carro com um bando de gente que nunca vi na minha vida?
    Será que esse povo tem noção do sacrificio que é comprar e manter um carro? O governos tem a obrigação de invertir nossos impostos em uma excelente infraestrutura para dar conta do transito caotico que ele mesmo gerou.
    Quer carona solidaria? Ah ta… Quer conforto? Vai de taxi!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


− seis = 3