Caucaia e Caririaçu: dois exemplos a não serem seguidos

1
215

É fácil compreender porque o trânsito no Ceará é considerado um dos mais violentos do Brasil e que apresenta o maior índice de mortes de motociclistas nas estradas. A falta de fiscalização por parte do poder público aliada à imprudência permanente dos pilotos levam a uma fórmula fatal.

A não utilização do capacete, a falta de habilitação e de vestimentas extremamente básicas, como um calçado fechado e camiseta, fazem com que a tarefa diária da pilotam seja uma roleta-russa. A reportagem de Luiz Carlos Azenha identificou dados preocupantes. Uma pesquisa apontou que 56% dos pilotos que deram entrada em um hospital estavam sem capacete, 55% sem habilitação e 42% alcoolizado.

O vídeo abaixo mostra um pouco do que acontece na cidade de Caucaia.

Em outra cidade do Ceará a realidade não é muito diferente. O trânsito em Caririaçu é caótico. Basta assistir o vídeo abaixo para entender a quantidade de acidentes graves ocorrem no local.

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de informar aos responsáveis pelo site R7, que a cidade de Caucaia é a maior depois da capital com mais de 350 mil habitantes e que não fica no interior do Estado, faz parte da Região Metropolitana de Fortaleza. A matéria publicada aí precisa ser corrigida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


8 − um =