Bruno Corano vence a 10ª etapa do Superbike Series Brasil

5
3399

Foto: Ricardo Santos/Divulgação

Aconteceu neste fim de semana a 10ª etapa da Superbike Series Brasil, marcando o final da temporada 2012 do Mobil Pirelli SuperBike, no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul (RS). A vitória ficou com o piloto Bruno Corano (Elf Monster Energy Kawasaki SuperBike Team), após fazer o melhor tempo nos treinos livres, o piloto acelerou pesado para garantir a vitória no último domingo.

O dia da corrida amanheceu com uma forte névoa que encobriu o circuito. Assim que o sol começou a brilhar, a neblina se dissipou e os pilotos foram para a pista para a realização do Warm-Up. Logo em seguida as motos voltaram para a pista e formatam o grid de largada. Na primeira curva, um acidente envolvendo Eduardo Costa Neto “Dudu” (Rush Racing Team), Matheus Piva ( BMW Team Brasil) e Bruno Corano (Elf Monster Energy Kawasaki SuperBike Team) paralisou a prova para o resgate dos participantes e limpeza da pista. Após alguns minutos de paralização todos, com exceção de Piva, voltaram à pista para a relargada. A prova foi disputadíssima, os pilotos brigaram por posições de forma intensa em todas as voltas. Maico Teixeira (Honda Racing) liderou a prova até a última volta, quando por um pequeno deslize sofreu uma queda e ficou fora do pódio. Maico fez a volta mais rápida da corrida com 1:25.597.

Corano, que teve um final de semana incrível e mostrou o quanto uma equipe competente aliada ao talento e foco pode fazer toda a diferença, acelerando forte, foi buscar posições, ultrapassando quatro adversários e cruzando a linha de chegada em primeiro, consagrando-se campeão da 6ª etapa e do campeonato do Mobil Pirelli SuperBike 2012. “Corrida um dia você ganha outro você perde, e a essência disso tudo está em se superar a cada dia. Hoje dei o meu máximo e me diverti, agradeço a todas as pessoas que compõem o meu time, eles arrumaram minha moto e pude voltar para a prova”, comentou Corano.

José Luiz Teixeira “Cachorrão” (Honda Racing) que também registrou bons desempenhos nos treinos da etapa, lutou por posições na prova e levou a segunda colocação. “A pista aqui do Sul é super difícil, e não posso esperar tudo. Hoje larguei bem mais fui perdendo posições mas me recuperei, porque faço isso com paixão. Dedico minha colocação para meu companheiro de equipe Maico”, disse o piloto.

Em terceiro lugar veio Diego Faustino (BMW Team Brasil) “A corrida foi boa. Desde a etapa do Rio de Jeneiro não consegui mais treinar, mas a equipe me ajudou muito e conseguimos desenvolver o suficiente para essa corrida”, afirmou Faustino.

Danilo Lewis (JC Racing Team) foi o quarto colocado e Diego Pretel, (Motonil Motors) ocupou a última vaga no pódio e falou do seu desempenho: “Venho de uma mudança de motos e todos sabem como é difícil essa adaptação, queria ficar entre os oito do ShowDawn e consegui”.

A classificação final foi:

1º Bruno Corano
2º Alecsandre Brieda “Doca”
3º Diego Faustino
4º José Luiz “Cachorrão”
5º Danilo Andric

5 COMENTÁRIOS

  1. Mesmo com os improvisos, e acidentes para vencer a prova tem que chegar na frente tem que pilotar isto foi feito todos tiveram as mesmas oportunidades mas ter competencia para pilotar e superar dificuldades poucos conseguem .Fazer criticas é muito facil estar na pista é dificil.
    Vencer é pra poucos.
    Não conheço o Bruno mas ele teve seu reconhecimento, pois caiu levantou , voltou e mesmo por ter herdado a primeira colocação com a queda do lider e não desistiu e ganhou posições pilotando.

  2. Quem reportagem contada pela metade…..
    O final de semana foi marcado por uma série de fiasco envolvendo o Bruno Corano que tomou um vareio do Argentino Diego Pierluigi que corre o campeonato gaúcho de motovelocidade pelo Time Spolier.
    Primeiro o Sr. Corano armou todo um circo para evitar que o Diego participasse da prova.
    Outro fato foi o acidente envolvento o Bruno Corano. Vergonhosamente o público e os demais competidores foram obrigados a aguardar o conserto da moto do Corano para reiniciar a prova… Que falta de respeito.. E é bom que se diga… Chegou em SEGUNDO LUGAR por que o Maico Teixeira que deu uma aula de pilotagem, lamentavelmente caiu (neste momento a prova não foi parada como aconteceu com o Corano), do contrário teria chego em TERCEIRO… QUE FIASCO ESTE CAMPEONATO DO CORANO.. se é para ser assim… nunca mais realizem estas provas no Rio Grande do Sul, pois aqui o campeonato além de ser organizado o pessoal se respeita muito. Fora campeonato do Corano!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


+ 7 = onze