Briga de Titãs

2
479

cg-titan-150-2014

Difícil o leitor Best Rider não conhecer a linha CG da Honda, e a Titan é líder de vendas há mais de dez anos. E durante o teste, duas palavras vinham a minha cabeça enquanto pilotava no trânsito nada simples da capital de São Paulo: “versatilidade” e “economia”. Fica claro que o motor de 149cc foi projetado para a utilização urbana e intensa, com baixo ruído e leve trepidação a moto tem uma excelente ergonomia que se verifica tanto no formato do banco quanto na posição e distância do guidão.

cg-titan-2014-rodas

 

O painel digital remodelado agradou e possui todas as principais informações a disposição do piloto, inclusive um ícone que indica a “riqueza” da mistura de etanol x gasolina. Ainda falando da ergonomia e comodidade, neste novo modelo, parece que a Honda avançou um pouco a posição de pilotagem colocando o condutor mais em cima do guidão, melhorando o equilíbrio e visibilidade.

painel-Honda-CG-Titan-2014

O câmbio segue o padrão de qualidade Honda, que desde que me conheço por motociclista, é irretocável. Engates precisos, silenciosos e com uma relação excelente entre as velocidades. O câmbio unidos a ciclista desta pequena a torna extremamente versátil no trânsito, e em largas avenidas quando a velocidade e resposta da moto é exigida.

farol-cg-titan-2014

Testei a moto apenas na cidade e ela fez exuberantes 30km com apenas um litro de combustível. Tentei manter uma mistura de 50% gasolina / 50% etanol o tempo todo.

titan-2014-farol

Nos comandos da mão, não gostei e não me adapto com a buzina sendo acionada via um interruptor para dentro, e se for colocar algumas outros pontos que considero importantes, principalmente no quesito segurança, seria a colocação de uma proteção na ignição, análogo a que vem de linha em motos pequenas, por exemplo várias scooters do mercado.

adesivo-protetor-chave-ignico-honda-cb-300-cg150-fan_MLB-O-2822781110_062012

(acima: proteção de ignição que poderia ser implementado nas Hondas pequenas)

manopla-cg-titan-2014

O conjunto óptico é muito bom, e o novo farol ilumina bem mais do que os das versões anteriores. A Honda não mudou nada da parte elétrica, apenas o formato e a caixa reflexiva deste componente. Os espelhos em forma de diamante proporcionam excelente visão traseira.

cg-titan-150-2014-preço

Video de lançamento da nova linha CG

Conclusão

Este segmento é um campo de batalha extremamente concorrido, e os detalhes aliados ao preço praticado, fazem toda a diferença nesta batalha de titãs. Versatilidade e economia. Estas, para mim, são as palavras que resumem a nova Titan 2014. Mas a conclusão é sempre do motociclista, nós apenas tentamos apresentar informações para facilitar a decisão.
Segue a ficha técnica da pequena notável.

Keep riding!
table

2 COMENTÁRIOS

  1. Sem tacômetro, sem indicador de marcha, não é mono amortecida, escapamento dura só 2 anos e os pneus também, os retrovisores sai do lugar com a força do vento acima de 100 KM/H.

    O painel estar lindo assim como o design da Honda.

    Foi minha primeira moto, gostei muito e tenho saudades. Hoje estou com a irmã maior dela:
    CB 300 R. Isso muda tudo…

    Futuro: CBR 1000 RR!

  2. A Honda só esta pecando em um item nesta moto , é o meu ponto de vista , colocar uma suspensão traseira de verdade , sair destes dois amortecedores e ja colocar um pro-link, é ponto final a moto fica perfeita.
    Em larga escala a Honda não gastaria nada alem, e os motociclistas agradeceriam muito, e ainda mais , garanto que as vendas também iriam crescer bem, para Honda.
    É a minha opinião como motociclista desde 1969.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


− três = 4