Bottpower cria Morlaco, um “touro” de 1000 cc

0
525
bottpower morlaco 03

Bottpower está criando Morlaco, uma moto de 1000 cc, superesportiva semi-carenada. O objetivo é que ela seja um “touro” no que diz respeito a resistência, desempenho e força, por isso a marca espanhola escolheu chamar sua criação de Morlaco, nome dado aos touros de grande porte que participação de touradas.

bottpower morlaco 03

Fotos: Divulgação

Bottpower cria Morlaco, um “touro” de 1000 cc

A Bottpower não se preocupou em “cobrir” nada neste seu modelo, está tudo visível. “Queríamos deixá-la quase sem coberturas, portanto a caixa de ar e o tanque podem ser vistos. Não há carenagem, apenas o parabrisa e as entradas de ar”, informa o engenheiro mecânico David Sánchez, da Bottpower.

O projeto da Morlaco também está sendo elaborado pelo engenheiro Jose Manuel Contreras, que já trabalhou na Ducati Pramac do MotoGP e com pilotos como Anthony West e o brasileiro Alex Barros.

Morlaco tem um design de superbike e a Bottpower está investindo para abolir o cano de descarga, já que abaixo do quadro há um spoiler, onde tem uma abertura para o bocal do escape, como acontecia com a antiga Firebolt da extinta marca norte-americana Buell.

bottpower morlaco 02

A Bottpower manteve o estilo minimalista das motos de competição na rabeta da Morlaco. Na dianteira da moto há apenas o parabrisa e as entradas que terminam na caixa de ar e o paralama dianteiro. A suspensão da Morlaco é diferente, ao invés do garfo invertido (upside-down) é usado um monoamortecedor. Com isso, o paralama dianteiro é maior do que em outros modelos da mesma categoria.

No site da Bottpower, Sánchez conta que seu projeto com a Morlaco é antigo: “Há onze anos comecei a trabalhar no design e construir uma moto esportiva equipada com o motor de 954 cm³ da Honda CBR e com uma ‘dianteira divertida’”. O projeto ficou esquecido porque surgiram outras prioridades. Mas a ideia de construir uma superesportiva de 1000 cc não foi esquecida e logo a Morlaco foi retomada.

Alguns ajustes tiveram que ser feitos como a mudança da carenagem, que estava ultrapassada, segundo Sánchez. O motor de quatro cilindros em linha foi mantido, mas a Bottpower não confirma se é o mesmo motor da Honda projetado inicialmente.

bottpower morlaco 02

Mesmo com os traços de racing, a moto deve ser voltada para o uso na rua. “Na Bottpower, nosso assunto mais recorrente nas conversas é construir uma superesportiva de rua de alta performance, com um moderno motor de 1000 cc. Uma moto com a qual possamos tirar lucro com a eletrônica que estamos desenvolvendo no Mundial de Supersport”, afirma Sánchez.

Ainda não há previsão de quando a Morlaco da Bottpower ficará pronta, mas com certeza já está sendo aguardada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


cinco × = 20