BMW R Nine T. Quando menos é mais

3
3168

9_nineT

Fotos: J. Dionysio

S1000RR

O que fazer para comemorar os 90 anos de uma consagrada marca de motocicletas? Uma grande festa? Um evento com a participação dos clientes ?

Nada disto. A melhor resposta é: lançar um produto único que traduza a essência destes 90 anos nas linhas, performance e conceito.

Nenhum outro modelo poderia representar tão bem os 90 anos de sucesso da marca bávara como a R Nine T. Ela expressa exatamente o que foi durante muitos anos o slogan da marca, “O puro prazer de pilotar “

4_nineT

Com linhas retrô que mesclam elementos clássicos com peças modernas e de alta performance. A pintura preta clássica se funde com o alumínio escovado mantendo a referência antiga e modernidade.

Tudo nela foi pensado para que o piloto tenha o essencial para uma pilotagem baseada no prazer e com o mínimo de, digamos, frescuras. Apenas o essencial. Um potente motor, excelentes freios com ABS e boa ciclística. A moto ideal para quem procura uma roadster clássica, com muito estilo e com um ótimo desempenho na estrada. Projetada segundo os princípios de simplicidade, emoção e tradição.

Um motor boxer transversal com refrigeração a ar/óleo e transmissão por cardã, não só por tradição, mas porque a mais de 90 anos este consagrado conjunto funciona com maestria, caixa de câmbio com embreagem a seco e 6 velocidades bem escalonadas.

19_nineT

Potentes freios com ABS, sendo que na dianteira utiliza pinças monobloco com fixação radial, proporcionando mais tato e precisão na frenagens.

O Telelever geralmente encontrado nos modelos boxer da BMW foi substituído por um garfo telescópico upside-down emprestado da superbike S 1000 RR, resultando em uma aparência leve e clássica, acompanhada de engenharia de primeira linha. A suspensão traseira emprega o braço oscilante único com a tradicional Paralever.

14_nineT

O escapamento duplo Akrapovic, é facilmente modificável para que o ronco saia mais grave e forte. Com uma chave torx, em 10m minutos você retira os abafadores e dá a Nine T um toque mais esportivo.

22_nineT

Detalhes: neste ponto que você verifica o esmero e dedicação dos projetistas da BMW. O farol com apenas um ponto de fixação e com o emblema da marca ao centro, é quase uma escultura. Terminações do guidão, acabamento da mesa, peças com anodização preta ou em aço escovado dá a aparência de uma moto feita a mão, peça por peça.

16_nineT

Quem precisa de mais para se divertir?

O preço é bem salgado, levando em consideração nosso mercado e os equipamentos de série. Talvez este seja o motivo das vendas no ano de 2014 terem atingido somente 120 unidades.

Quando ela foi lançada no Brasil, em março de 2014, seu preço se aproximava muito de uma R 1200 GS de entrada, com pacote Sport, na época também importada. O mais incrível é que o preço nos Estados Unidos, uma Nine T custa quase o mesmo preço que uma R 1200 GS de entrada ( uma diferença de apenas mil e poucos dólares). Na Alemanha ambas custam os mesmos 14.700 Euros.

O sucesso da Nine T pode ter sido bem modesto em nossas terras, mas na Europa foi imenso. A BMW vendeu em 2014, 8.488 unidades da Nine T tornando-a o terceiro produto mais vendido da linha de motocicletas, perdendo apenas para a R 1200 GS e R 1200 RT.

15_nineT

Andando na cidade, se você gosta de arrancadas rápidas e retomadas velozes, ela é um prato cheio. A baixa altura do banco (785mm), pode seduzir aqueles que gostam de uma custom e a posição de pilotagem demonstra boa ergonomia e não cansa em percursos urbanos. O grande torque e docilidade do motor, permite uma condução confortável e macia. A buraqueira de nossas cidades não colabora muito, pois a Nine T tem suas suspensões calibradas para percursos mais homogêneos.

A boa ciclística somado a um largo guidão em alumínio torna as mudanças de direção simples de executar e nas curvas, o contorno é feito com facilidade. Porém se precisar esterçar muito no meio do transito, sentirá certa dificuldade, mas as frenagens serão bem eficazes e progressivas.

1_nineT

Na estrada, tudo que passou na cidade, é rapidamente esquecido. A forte aceleração, bom escalonamento do câmbio e muito torque, faz desta roadster uma das motos mais deliciosas que pilotei. Vento na cara, ronco forte, e sensação de estar nos anos 50.

Checando o desempenho nas curvas, temos uma nova e adorável surpresa. O baixíssimo centro de gravidade (e apenas 222kg ) proporcionado pelo motor boxer e suspensão dianteira, conferem a NineT um conjunto perfeito para quem gosta de se divertir fazendo as curvas raspando a pedaleira. Seu entre eixos curto, faz com que ela tenha um comportamento excepcional em curvas de baixa e media. Nas saídas de curva sentimos a força do motor e a importância do amortecedor de direção.

Os potentes freios permitem uma pilotagem bem esportiva. Aliás, a única “ajuda” que você terá será do ABS, o resto vai depender de sua habilidades, pois nada de controle de tração ou ajuste de suspensão eletrônica. E nada de mimos também. Se quiser modificar algo, fique a vontade. A Nine T foi concebida para que você customize ela de acordo com sua imaginação e bolso.

De cara, ela já tem alguns acessórios de customização originais BMW, como escapamento Akrapovic, mono posto, retirada do subquadro traseiro e rabeta. Basta navegar pela rede e verá centenas de belas customizações desta Roadster que, ao contrário do que muito pensam, veio para ficar.

12_nineT

13_nineT

3_nineT

6_nineT

20_nineT

25_nineT

FICHA TÉCNICA BMW R NINE T

Motor Dois cilindros opostos (Boxer), 4 válvulas por cilindro e refrigeração ar/óleo
Capacidade cúbica 1.170 cm³
Potência máxima (declarada) 110 cv a 7.750 rpm
Torque máximo (declarado) 12,14 kgf.m a 6.000 rpm
Câmbio Seis marchas
Transmissão final eixo-cardã
Alimentação Injeção eletrônica
Partida Elétrica
Quadro Tubular em aço
Suspensão dianteira Garfo telescópico invertido com 120 mm de curso
Suspensão traseira Monobraço com BMW Paralever e 120 mm de curso
Freio dianteiro Disco duplo flutuante de 320 mm de diâmetro com pinças radiais de quatro pistões (ABS)
Freio traseiro Disco simples de 265 mm de diâmetro com pinça flutuante de dois pistões (ABS)
Pneus 120/70-17 (diant.)/ 180/55-17 (tras.)
Comprimento 2.220 mm
Largura 890 mm
Altura não disponível 1.265 mm
Distância entre-eixos 1.476 mm
Distância do solo não disponível
Altura do assento 785 mm
Peso em ordem de marcha 222 kg
Tanque de combustível 18 litros
Cores Preta

>>Visite a nossa loja de motos

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


9 + = dez