BMW R 1250 GS é apresentada com motor de 136 cavalos

0
1405

Substituta da R 1200 GS, moto mais vendida da marca, também terá painel digital de TFT e faróis de LED como itens de série

BMW_R1250GS_2019_5_2018
BMW R 1250 GS vem substituir a R 1200 GS, modelo mais vendido da marca em todo o mundo e no Brasi

TEXTO: Arthur Caldeira / INFOMOTO
FOTOS: Divulgação

BMW apresenta nova R 1250 GS com motor de 136 cavalos

A BMW apresentou nesta semana a nova R 1250 GS, modelo que vai substituir a R 1200 GS, moto mais vendida da marca alemã em todo o mundo e também no Brasil. Como o nome denuncia, uma das principais novidades da bigtrail é o motor com maior capacidade cúbica – 1.254 cm³ – que produz 136 cv a 7.750 rpm. A antiga geração tinha motor de 1.170 cm³ e 125 cv.

BMW_R1250GS_2019_1_2018
Nova BMW R 1250 GS tem motor maior (1254 cc) e mais potente (136 cv) do que a atual R 1200 GS

Além de maior e mais potente, o novo propulsor de dois cilindros opostos (boxer) conta com comando de válvulas variável. O sistema, batizado de ShiftCam pela BMW, oferece uma melhor entrega de potência e torque ao longo de todas as faixas de rotação do motor, além de consumir menos combustível e poluir menos, de acordo com a marca.

Com uma menor abertura das válvulas de admissão o motor economiza combustível e tem um funcionamento mais suave; quando o comando abre mais as válvulas em altas rotações privilegia a entrega de potência. Segundo a BMW, em marcha lenta as rotações caíram 100 rpm e o consumo de combustível foi reduzido em 4% no geral. O torque máximo, por exemplo, aumentou de 12,7 kgf.m a 6.500 rpm para 14,6 kgf.m a 6.250 giros, ou seja, mais força em uma rotação mais baixa.

BMW_R1250GS_2019_6_2018
BMW R 1250 GS promete consumo 4% menor do que a atual geração

Painel de TFT e faróis de LED de série

A nova R 1250 GS também ficou mais “conectada”. A bigtrail terá o painel de TFT de 6,5 polegadas com conectividade de série: o sistema permite conectar o celular por Bluetooth ao painel e controlar as funções por meio multi-controlador existente no punho esquerdo da R 1250 GS.

Outra novidade são os faróis de LED de série em todas as versões, enquanto a iluminação diurna de LED é acessórios de fábrica.

A versão “básica” da R 1250 GS sai de fábrica com dois modos de pilotagem, Automatic Stability Control (controle automático de estabilidade, em português), que funciona como um controle de tração mais focado em segurança, além do assistente de partida em subidas, que a marca chama de “Hill Start Control”. O sistema ajuda a arrancar em superfícies íngremes, evitando que a moto “volte” para trás.

BMW_R1250GS_2019_4_2018
Assistente de partida em ladeiras (Hill Start Control) agora é item de série na R 1250 GS

Outras tecnologias, como a suspensão eletronicamente ajustável, Dynamic ESA, também foram atualizadas. A suspensão traz ajuste automático na pré-carga da mola e é vendido como opcional no exterior.

BMW_R1250GS_2019_3_2018
BMW R 1250 GS tem rodas de liga-leve em sua versão de entrada

Vale ressaltar que a BMW costuma trazer as versões mais completas da bigtrail para o Brasil, e que a moto vendida aqui deverá chegar já com essas novidades. Questionada, a BMW afirma que ainda não há previsão de chegada do novo modelo ao mercado brasileiro.

BMW_R1250GS_2019_2_2018
BMW R 1250GS foi apresentada nesta semana na Europa; ainda não há data para chegar ao Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


nove × 1 =