BMW R 1200 GS autônoma acelera, faz curvas e até freia sozinha

Notícias

Primeira motocicleta completamente autônoma do mundo, bigtrail alemã serve de laboratório para testar controles mais avançados

BMW R1200GS AUTONOMA 1 2018 BMW R 1200 GS autônoma acelera, faz curvas e até freia sozinha

BMW R 1200 GS autônoma acelera, faz curvas e até freia sozinha

TEXTO: Arthur Caldeira / INFOMOTO
FOTOS: Divulgação

BMW R 1200 GS autônoma acelera, faz curvas e até freia sozinha

A BMW apresentou sua primeira moto autônoma durante o BMW Motorrad Techday 2018, realizado na última semana. O modelo, uma BMW R 1200 GS, deu algumas voltas sem piloto e “sozinha” para um grupo de jornalistas no campo de testes da marca em Miramas, no sul da França.

BMW R1200GS AUTONOMA 2 2018 BMW R 1200 GS autônoma acelera, faz curvas e até freia sozinha

A moto autônoma da BMW é capaz de arrancar, frear e contornar curvas “sem piloto”

Desenvolvido pelo engenheiro de pós-graduação Stefan Hans e sua equipe, a R 1200 GS se movimenta de forma totalmente independente sem nenhum piloto. A moto acelera, dá voltas em uma pista de testes e desacelera de forma independente até parar.

BMW R1200GS AUTONOMA 3 2018 BMW R 1200 GS autônoma acelera, faz curvas e até freia sozinha

Bigtrail alemã autônoma percorreu um circuito com retas, curvas e subidas na França

Segundo a BMW, o projeto inovador não pretende, de forma alguma, dar origem a uma motocicleta completamente autônoma e independente. O objetivo do protótipo é reunir conhecimento com relação à dinâmica de direção de uma moto para detectar precocemente situações perigosas e, assim, apoiar o motociclista com sistemas de segurança apropriados ao passar em cruzamentos ou ao frear repentinamente, por exemplo.

As novas tecnologias devem servir como uma plataforma para o desenvolvimento de futuros sistemas e funções para tornar o motociclismo ainda mais seguro, mais confortável e aumentar o prazer de dirigir.

BMW R1200GS AUTONOMA 4 2018 BMW R 1200 GS autônoma acelera, faz curvas e até freia sozinha

Bigtrail alemã autônoma percorreu um circuito com retas, curvas e subidas na França

Comunicação carro e moto

A BMW Motorrad aproveitou o evento também para demonstrar como o ritmo acelerado da digitalização deverá mudar o futuro das motos. A ideia é levar em consideração as necessidades de veículos de duas rodas para o mundo de transporte de amanhã.

BMW ConnectedRide 2 2018 BMW R 1200 GS autônoma acelera, faz curvas e até freia sozinha

Sistema de comunicação entre carro e moto também foi demonstrado pela BMW

Uma parte importante do futuro dos meios de transporte passa pela comunicação V2V (vehicle-to-vehicle) entre os veículos. A demonstração prática do sistema ConnectedRide da BMW se utiliza da comunicação entre moto e carro para evitar acidentes.Além de um assistente de cruzamento e de curva à esquerda, o protótipo ConnectedRide (pilotagem conectada) possui outros sistemas projetados para evitar acidentes entre motocicletas e carros de passageiros.

Em um cruzamento, por exemplo, outros carros que poderiam ignorar a passagem preferencial são avisados, assim como o próprio motociclista. Esta situação perigosa é detectada e medidas de alerta são iniciadas graças à Comunicação Veículo-a-Veículo (V2V), com base em um padrão de comunicação entre fabricantes e localização de alta precisão por meio do Sistema Global Diferencial de Navegação por Satélite.

BMW ConnectedRide 1 2018 BMW R 1200 GS autônoma acelera, faz curvas e até freia sozinha

BMW também mostrou sistema de comunicação entre carro e moto, que pode ajudar a evitar acidentes

Comentário Best Riders


dois − 1 =