BMW F 800 GS montada em Manaus por R$ 42 900 e nova linha K 1600. As novidades da BMW para o Brasil

8
1402

Fotos: BMW

Durante evento realizado na última quarta-feira (7) no Museu da Motocicletas BMW Curitiba, a diretoria da BMW Motorrad Brasil aproveitou a ocasião para anunciar, oficialmente, o ínicio da produção da F 800 GS em Manaus.

A maxitrail bicilíndrica será o terceiro modelo da marca germânica montado em regime de CKD (Complete Knock Down) na planta da Dafra, localizada na Zona Franca. Aposto que muitos fãs das maxitrail aguardavam ansiosos esta notícia.

A F 800 GS já está sendo montada em Manaus

O modelo de negócios firmado entre as companhias consiste na montagem de motocicletas da marca alemã por OEM (Original Equipment Manufacturer), ou seja, toda a montagem dos produtos BMW é realizada por profissionais da Dafra, treinados pela matriz da BMW Motorrad na Alemanha e supervisionados pelos seus profissionais.

A parceria com a empresa brasileira começou com a montagem da G 650 GS em dezembro de 2009, e, posteriormente, ampliada com a naked F 800 R, que passou a ser montada em Manaus em abril deste ano.

Assim como ocorreu com a naked 800 R, a GS “Made in Manaus”  também será oferecida em versão única e com um nível de equipamentos semelhante ao que acompanhavam a versão Premium importada, ou seja, ABS, computador de bordo, cavalete central e tomada 12V virão de série. Ao contrário do que havíamos informado anteriormente, as manoplas aquecidas também estarão presente na GS como item de série.

Segundo a marca, a F 800 GS nacionalizada — que já está sendo produzida — chegará às concessionárias em agosto com um preço sugerido de R$ 42 900. Uma diferença mais que considerável em relação aos R$ 58 900 pedidos até então pela F 800 GS Premium vinda da Alemanha.

Linha K 1600: A BMW Motorrad Brasil também apresentou oficialmente em nosso país a novíssima linha K 1600, mas ainda sem previsão de início de comercialização e preços. Tanto as versões GT (com pretensões mais esportivas e com uma posição de pilotagem mais dinâmica) quanto a GTL (conforto e luxo total) deverão ser comercializadas por aqui.

K 1600 GT (branca) e K 1600 GTL (azul)

Além do moderno e compacto motor de 1600 cm³ com seis cilindros em linha e 160 cv, a linha K 1600 trará também a 2ª geração da suspensão eletrônica ESA, faróis de xenon com exclusivo sistema “Adaptive Headlight”, curva de potência optativa entre “Rain”, “Road” e “Dynamic”, controle de tração… enfim, todos os equipamentos que esperamos (e até o que não imaginamos) em uma top de linha da marca alemã.

Veja abaixo um vídeo que mostra o funcionamento do inovador sistema de iluminação e segurança da K 1600.

8 COMENTÁRIOS

  1. Moto é BMW! As outras marcas são ótimas, Honda, Yamaha, KTM, Harley-Davidson, mas me desculpem os entusiastas das outras marcas, as BMW’s são incríveis! Tem uma ciclística perfeita, potentes e, além de tudo, são lindas. Aliás, carros e motos da BMW são imbatíveis.

  2. Sou um feliz proprietario de uma XT660 ano 2010. Uso para minhas voltinhas de final de semana ,viajens de até 300 km de raio em estradas pavimentadas e de chão das fazendas….Nota 10 pra ela.
    Tive a curiosidade de fazer um teste drive numa F800GS com minha noiva e fiquei impressionado, loko, alucinado com o conjunto dessa moto.Falo isso com tanta convicção que comprei a danada aqui em Goiania. A XT 660 continuará conosco, mas quem irá pilota-la será minha noiva….. Custe o que custar… rs

  3. Hj fui em uma concessionaria KTM, vi a KTM 990 SM, eles estao com um preco muito bom, e vou dizer mais, quem teve ou tem uma XT 660, quando fizerem um test drive, vao delirar, ter uma maquina 990 cilindradas com uma pilotagem de uma XT660, e incrivel. Juro que nao trabalho para KTM, rs

  4. otima noticia pois tenho 1 xt660 estou louco por esta maquina espero q corresponda minhas espectativas em todos quesitos ,,,,,,nao vejo a hora

  5. Fico com minha xt660 mesmo. Dois colegas compraram duas f800 gs e ja deu problema de agua no óleo com 10mil km. Estão encostadas na concesionária e não sabe quando fica pronto. Custo beneficio e durabolidade igual a xt! Duvido-o-dó.

  6. Eu tambem tenho um XT 660 e tinha planos de trocar por uma Ténéré 660 mas como a Yamaha demorou pra trazer eu achei otimo, a minha GS 800 ja esta encomendada quero ser um dos primeiros felizes compradores

  7. Era a notícia que eu aguardava.
    Venderei a minha XT 660 urgentemente…
    juntarei mais UNS TROCADOS E MONTAREI NUM CARNEZÃO, MAS SEM
    ESTA MARAVILHA EU NÃO FICO…

  8. Gabriel, otima noticia para todos nos! Isto abre o olho para as concorrentes e torna nosso mercado quem sabe mais jusnto. Parabens por mais esta materia! O video e o comparativo da H6 x F800 ficaram excepcionais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


3 × = quinze