Bicicletas: Produção cresceu 5,9 % em 2012, divulga Abraciclo

0
330
Bicicleta

Se o mercado das duas rodas não vai muito bem no segmento das motocicletas, quando o assunto é bicicleta a história é um pouco diferente.

Pelo menos é o que divulgou a Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) nesta segunda-feira (28).

Bicicleta
Foto: Best Riders

Bicicletas: Produção cresceu 5,9 % em 2012, divulga Abraciclo

Segundo a entidade, o segmento de bicicletas fechou o ano de 2012 apresentando um crescimento de 5,9% na produção, em relação ao ano anterior. As indústrias instaladas no PIM (Polo Industrial de Manaus) totalizaram 875.835 unidades, contra 826.903 de 2011.

Quando comparados os meses de novembro e dezembro, porém, houve queda de 66,3%, passando de 90.946 para 30.681 bicicletas, devido ao período de férias coletivas do segmento.

Se a produção aumentou, as vendas não seguiram o mesmo ritmo. O volume de bicicletas vendidas no atacado ficou 3,8% abaixo, no acumulado do ano, com 892.223 unidades ante 927.770 registradas em 2011, conforme foi divulgado pela Abraciclo.

Por outro lado, as exportações totais de 2012 apresentaram aumento de 30,2% em relação ao ano anterior, passando de 2.405 unidades para 3.131 unidades. Os principais destinos destes produtos foram o Uruguai e Paraguai.

Em âmbito nacional, a produção de bicicletas totalizou cerca de 4.170.000 unidades no ano passado, correspondendo a uma queda de aproximadamente 10% em relação a 2011 (4.630.000 unidades). As vendas totais atingiram cerca de 4.500.000 unidades, com recuo também de 10% ante 2011 (5.000.000 unidades).

“A produção e as vendas totais de bicicletas no atacado apresentaram reduções de volumes em 2012, porém houve um constante crescimento na demanda pelos produtos de maior valor agregado. As fabricantes instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM) investem para atender a esta nova demanda, desenvolvendo produtos tecnologicamente mais avançados – mais leves e resistentes – e equipados com marchas, além de design moderno e cores atrativas”, comentou Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

“A presença de bicicletas de maior valor agregado no mercado nacional deve evoluir ainda mais em 2013”, finalizou o presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


seis × = 12