Bandit 1250 2012 já está à venda nas concessionárias brasileiras

10
1675

Fotos: divulgação

A Bandit 2012 chega ao Brasil sem grandes alterações em em relação ao atual modelo, que não muda quase nada desde 2009. As maiores mudanças estão na parte estética do modelo. Em 2012 a Bandit vem com um novo farol dianteiro e lanterna traseira, além de um novo desenho também nos retrovisores que agora estão mais arredondados.

O painel está mais moderno e ganhou um display com uma mescla de linhas retas e arredondadas, com relógio, medidor de combustível, velocímetro e indicadores em led, em substituição ao antigo, que contava com velocímetro e conta-giros redondo.

O motor é um tetracilíndrico em linha DOHC de 16 válvulas e 1255 cm³, que alcança um torque de 11,01 kgfm a 3 700 rpm. Segundo a Suzuki, os pistões, em alumínio forjado, dentro de um cilindro em liga de alumínio, são tratados com o sistema SCEM (Suzuki Composite Electrochemical Material), que dá mais durabilidade, além de baixo atrito entre pistão e cilindro. A embreagem de acionamento hidráulico conta com seis marchas.

A nova Bandit 1250 ainda tem um avançado sistema de injeção digital SDTV (Suzuki Dual Throttle Valve), que se trata de um sistema de dupla válvula de borboleta que resulta em um melhor desempenho, resposta e economia de combustível.

A Bandit chega em 2012 quase 6 mil reais mais cara que o modelo 2011, passou de R$ 29 990 para R$ 35 900. O máquina já pode ser encontrada nas concessionárias Suzuki nas cores preta, cinza e prata. O frete para entrega pode variar de R$ 150 à R$ 1 500, de acordo com o estado brasileiro.

FICHA TÉCNICA:

Motor 4 tempos, 4 cilindros em linha com 16 válvulas, DOHC, refrigeração líquida
Cilindrada 1.255 cm³
Diâmetro x Curso 79,0 x 64,0 mm
Taxa de Compressão 10,5:1
Transmissão 6 velocidades
Sistema de Transmissão Corrente
Sistema de Lubrificação Cárter Úmido
Alimentação Injeção eletrônica
Tipo de Ignição Eletrônica
Sistema de Partida Elétrica
Comprimento Total 2.145 mm
Largura Total 790 mm
Altura Total 1.095 mm
Dist. Mínima entre Eixos 1.485 mm
Distância do Solo 135 mm
Altura do Assento 810/830 mm (Baixo/Alto)
*MVOM 247 Kg
Suspensão Dianteira Telescópica de amortecimento hidráulico, mola helicoidal, com ajustes de pré-carga da mola
Suspensão Traseira Balança tipo link de monoamortecimento hidráulico, mola helicoidal, com ajustes de pré-carga da mola, ajustes de força de retorno e compressão.
Freio Dianteiro Duplo disco
Freio Traseiro Disco
Pneu Dianteiro 120/70ZR17M/C (58W), sem câmara
Pneu Traseiro 180/55ZR17M/C (73W), sem câmara
Tanque de Combustível 19 litros
Óleo do Motor 3,5 litros (com troca de filtro)
Marcha Lenta 1.200 +/- 100 rpm
Potência Máxima 98 hp (métrico) a 7.500 rpm
Torque Máximo 11,01 kgf.m a 3.700 rpm
Cores Preta – Cinza – Prata

10 COMENTÁRIOS

  1. A Bandit 1250 é uma ótima motocicleta. Possuo uma 650 N, e estou mirando uma 1250. A SUZUKI na minha opinião é uma ótima fabricante, ética e que respeita o consumidor, ao contrário da Honda que lança um modelo e logo o tira de linha, como fez com a CB 1300 Super Four frustrando quem a comprou. Gosto do atendimento e da assistência técnica Suzuki.

    O grande problema que o brasileiro enfrenta é a alta carga tributária aliada a sede de lucro dos revendedores. Espero que superemos essa barreira tributária que impede o brasileiro de viver plenamente o conforto e a tecnologia que a indústria moderna oferece.

    É verdade, contudo, que na Europa e EUA, as motocicletas Suzuki além do preço baixo, oferecem opcionais de extrema importancia, como por exemplo o ABS.

  2. Concordo…a Bandit 2012 ficará encalhada nas concessionarias. Fiz teste drive com a Bandit 1250 em novembro/2011 mas preferi aguardar o modelo 2012, agora vejo que perdi meu tempo em querer comprar uma Suzuki…não vou pagar mai$ já que não foi acrescentada nenhuma melhoria na moto. Lí a matéria do site “Best Cars web Site” sobre a GSX1250FA que nada mais é do que uma Bandit carenada e notem que ela já vem com REAIS melhorias como “Árvore de balanceamento” p/ anular as vibrações do motor, “Sistema duplo de borboletas de aceleração” e o “ABS” como opcional.

  3. a unica diferença esta no preço
    porque essea pequena modificaçao de nada adianta
    ainda comtinua uma moto antiga
    por esse preço prefiro compra uma antiga cb450

  4. Além do preço absurdo, já comentado pelos amigos, esta versão (como de costume) está chegando atrasada quase 2 anos aqui no Brasil. Alguém sabe se a versão “S” será atualizada ?

  5. Dia destes a Honda chutou PARA BAIXO os preços de suas motos grandes, estas sim repletas de tecnologia. Agora, R$6.000,00 de aumento por este produto arcaico??? A Suzuki Japão deveria seguir o exemplo da Kawasaki e Harley Davidson e assumir os negócios no Brasil.

  6. Como é? A Suzuki, ou melhor, a J. Toledo tá doida? A Bandit só vendia algumas unidades/mes pq o preço era “atrativo” e agora com esse absurdos R$6.000,00 mais cara sem entregar nada de espetacular que justifique a diferença…
    Mas tudo bem. Uma hora ou outra eles aprendem a lição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


seis + = 12