Alemanha vence o Motocross das Nações pela primeira vez

0
260

Motocross das NaçõesFoto: Divulgação

A Alemanha foi a grande vencedora da 66ª edição do Motocross das Nações, com decisão realizada ontem (30), na pista de Lommel, Bélgica. Esta foi a primeira conquista do país na competição considerada a “Olimpíada do Motocross”.  Sábado (29), a equipe formada pelos pilotos Ken Roczen (MX2), Max Nagl (MX1) e Marcus Schiffer (Open) avançou em primeiro na classificatória. Assim, os alemães mantiveram a mesmo bom desempenho no dia da competição, conseguindo chegar ao topo do pódio. A Bélgica, com Clement Desalle (MX1), Ken De Dycker (Open) e Jeremy van Horebeek (MX2), ficou na segunda posição. Os Estados Unidos, acelerando com Ryan Dungey (MX1), Blake Bagget (MX2) e Justin Barcia (Open), e que dominaram as últimas sete edições do Motocross das Nações, ficaram com o terceiro posto no pódio.

A equipe brasileira, formada por Gabriel Gentil (MX1), Rafael Faria (MX2) e Marçal Muller (Open), não conseguiu vaga entre os 20 países que disputaram as três corridas principais. Ontem os brasileiros terminaram na 26º posição na classificatória, resultado que levou o time à repescagem, corrida ontem (30) pela manhã em Lommel. O time precisava vencer, mas Gentil, Faria e Muller terminaram, respectivamente, na 26ª, 33ª e 27ª posições. A última vaga para a fase principal ficou com a Nova Zelândia.

O Motocross das Nações é uma competição anual que reúne mais de 30 nações de seis continentes e centenas de pilotos para a disputa do que são consideradas as “Olimpíadas do Motocross”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


9 − seis =