5 dicas de equipamentos e acessórios para enfrentar chuva e frio

0
62

5 dicas de equipamentos: além da capa, o que há no mercado para proteger o motociclista das baixas temperaturas e da água.

FRIO_2017330175651
No outono, as temperaturas começam a baixar e exigem equipamento adequado para se proteger do frio

TEXTO: Cicero Lima/ Agência INFOMOTO
FOTOS: Divulgação

5 dicas de equipamentos e acessórios para enfrentar chuva e frio

Com a chegada do outono, as temperaturas pela manhã e ao final da tarde tendem a ser mais baixas. Em caso de chuva, a sensação térmica será de ainda mais frio. Nesta situação, caso os pés e as mãos se molhem, pilotar deixará de ser um prazer e se tornará um incômodo. Por isso, mostramos alguns equipamentos e acessórios que, junto com a capa de chuva, evitam esse problema. Tais acessórios também são imprescindíveis para viagens em regiões geladas, como na Cordilheira dos Andes ou em Ushuaia, destinos comuns dos aventureiros brasileiros.

Polaina nos pés

Botas são indispensáveis para a proteção dos pés. Porém uma bota totalmente impermeável tem custo bastante elevado. Uma alternativa para quem não dispensa o uso de sua bota preferida é a polaina. Confeccionada em material impermeável evita que os pés fiquem molhados e ainda conserva a bota. Existem vários modelos disponíveis, mas aqueles com reforço na sola e na parte superior do pé esquerdo têm maior durabilidade. Custa a partir de R$ 45.

POLAINE_POLAINA_3_201733015321
Polaina é usada sobre a bota mantém o pés e o calçado protegidos da água
POLAINE_2_20173301534
Proteção na sola e na planta do pé (esquerdo) aumentam a durabilidade da polaina
POLAINE_1_201733015246
Alguns modelos de polainas oferecem proteção para não danificar o produto com o pedal de câmbio

Proteção nas mãos

Um acessório pouco conhecido dos motociclistas da região Sudeste, porém muito usado no Sul do Brasil, é o protetor de punho. Confeccionado em tecido grosso e impermeável protege as mãos do piloto da água e do frio. Muitos pilotos pensam que eles diminuem a agilidade, porém o acessório requer apenas adaptação. Sua relação custo/benefício é excelente, uma vez que ele pode ser encontrado a partir de R$ 80.

POLAINE_PROTETOR_PUNHO_2_201733015438
Não é um acessório bonito, mas o protetor de punho mantém as mãos secas e aquecidas
POLAINE_PROTETOR_PUNHO_1_201733015411
Para usar os protetores de punho basta encaixar no guidão e fixar com velcro e cordões

Frio no pescoço

Além dos pés e das mãos, manter o pescoço protegido do frio e da chuva garante mais conforto. Para isso existe o protetor confeccionado em neoprene que isola o corpo do vento e da chuva. Alguns também protegem contra linhas com cerol, por usarem fios internos de aço, e custam a partir de R$ 75.

POLAINE_PROTETOR_PESCOCO_201733015349
Protetor de pescoço evita a entrada de água e do vento gelado

Segunda pele

As roupas térmicas, que são bastante usadas por praticantes de esportes radicais como os alpinistas, oferecem boa proteção contra o frio. São confeccionadas em tecidos leves que oferecem melhor dissipação do suor e evitam o odor. O mais legal desse tipo de roupa é a praticidade, são fáceis de lavar e secam rapidamente. A desvantagem é o preço. Uma camiseta, por exemplo, custa a partir de R$ 96, enquanto a calça sai por R$ 164.

POLAINE_SEGUNDA_PELE_20173301551
Blusa segunda pele é fácil de lavar e ocupa pouco espaço na bagagem

Bolsa estanque

Não há nada mais desagradável do que chegar ao destino e perceber que a bagagem está molhada. Para manter suas roupas secas e protegidas da chuva, uma opção é comprar uma mala estanque. Elas são práticas e fáceis de usar, basta acondicionar as roupas, enrolar a parte superior e travar. Podem ser encontradas em vários tamanhos e os preços partem de R$ 250.

POLAINE_BOLSA_ESTANQUE
Bolsa estanque é feita em tecido impermeável e mantém sua bagagem seca

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


nove − 6 =