1,7 milhão de pessoas esperam comprar uma moto em 2012

1
402

Uma pesquisa inédita realizada pela Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi) revela um dado bem interessante: 1,7 milhão de pessoas deverão comprar uma motocicleta nova ou usada ainda neste ano.

O principal perfil dos entrevistados, 57,9%, pertence às classes C e D. O restante, 42,1%, as classes A e B. Os números mostram que a moto não é tida somente como um veículo mais barato com a finalidade de deslocamento casa/trabalho, e sim um meio de transporte que tem o objetivo de substituir o automóvel e principalmente o transporte público cada vez com maior frequência.

A pesquisa intitulada ‘Desejos de Consumo do Brasileiro em 2012’, desenvolvida em conjunto com o Instituto Data Popular, foi realizada entre dezembro de 2011 e janeiro de 2012 e ouviu 1.019 pessoas de todo o País.

A pesquisa diz ainda que 86,8% dos entrevistados planejam parcelar a compra da motocicleta. E quem esperava que os mais ricos comprassem à vista estão enganados. Ao todo, 78,4%, dividiriam a dívida em suaves prestações.

Segundo o estudo, o financiamento bancário é a modalidade preferida das classes emergentes para a aquisição de veículos, com adesão de 40,8% dos entrevistados. O pagamento à vista representa 33,9% das preferências, leasing, 7%, e consórcio, 5,7%. Já nas classes A e B, o financiamento representa 33,5% dos pagamentos para aquisição de veículos enquanto o pagamento à vista responde por 44,2%. Leasing e consórcio aparecem com 7,6% e 2,9% das preferências de pagamento de veículos desta parcela da população.

Informações:  Fenabrave

1 COMENTÁRIO

  1. E os babacas da BMW Motorrad batendo a porta na cara de quem quer abrir uma concessionária deles…
    Tem marca demais no mercado, filhos… a gente se vê em breve no mercado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


9 + = treze