10 atitudes ao guidão que podem “cassar” sua CNH

0
101

Conheça infrações que, além de gerar multa de até R$ 6.000, podem custar a suspensão do direito de pilotar sua moto

AOGUIDAO_VELOCIDADE
Quem pilotar em velocidade 50% acima da permitida, além da CNH suspensa, pagará multa de R$ 880,41

TEXTO: Cicero Lima / Agência INFOMOTO
FOTOS: Agência INFOMOTO/Divulgação

10 atitudes ao guidão que podem “cassar” sua CNH

Muitos acreditam que a suspensão do direito de dirigir ou pilotar acontece apenas quando se acumula mais de 20 pontos no prontuário. Mas você sabia que uma única infração gravíssima pode fazer o motociclista perder o direito de conduzir sua moto por até oito meses? Isso mesmo, há infrações que acarretam a abertura de um processo administrativo que pode levar automaticamente a “suspensão da CNH”, na linguagem popular.

Uma forma de ter o direito de dirigir suspenso – ou pilotar, no caso das motos – é somar 20 pontos no período de um ano. “Algumas atitudes colocam em risco a segurança e geram, por si só, a suspensão da CNH”, alerta Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran-SP.

Ao ser autuado por algumas dessas infrações gravíssimas, o período em que o condutor ficará impedido de dirigir pode variar de 2 a 8 meses e, no caso de reincidência em um ano, de 8 a 18 meses. O histórico do motorista é levado em conta para a decisão do prazo total. Entretanto, em alguns casos como embriaguez ao guidão, recusa ao teste do bafômetro e também o uso do veículo para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via, o período de suspensão é fixado em 12 meses.

E, além de não poder conduzir sua moto, o motociclista terá que pagar o valor da multa, aplicada paralelamente à suspensão, que varia de R$ 293,47 a R$ 5.869,40, dependendo da infração. Conheça alguns desses hábitos, ou melhor dizendo, dessas infrações que podem suspender sua CNH.

Malabarismo

Muitos gostam de provar sua habilidade “puxando um grau”, como é chamada a famosa empinada. Mas saiba que dar um “grau” é uma infração gravíssima que acarreta multa de R$ 293,47 e também é auto suspensiva, ou seja, gera automaticamente um processo de suspensão do direito de pilotar. A coisa pode ficar pior: se houver outras motos fazendo manobras como RL e zerinho e a autoridade entender que estava havendo uma demonstração de manobra perigosa, a multa sobe para R$ 2.934,70.

AOGUIDAO_EMPINAR
Executar manobras nas ruas é proibido e, dependendo da autuação, a multa pode ser de R$ 2.934,70

Estrada congestionada

Forçar passagem entre veículos que trafegam em sentido opostos para fazer ultrapassagens é uma manobra comum em cidades cortadas por rodovias. Quando o trânsito está congestionado muitos motociclistas circulam entre os veículos, correndo o risco de ser autuado. O valor da multa é salgado: R$ 2.934,70 e também gera a suspensão da CNH.

Ser omisso

Em caso de acidente deixar de prestar socorro à vítima, alterar o local do acidente (dificultando o trabalho de perícia) ou mesmo deixar de se identificar ou prestar as informações solicitadas pelo agente do trânsito. Tais atitudes podem levar a multa de R$ 1.467,35 e ao processo de suspensão.

Perigo para a garupa

Embora seja comum nos rincões do Brasil, transportar mais de uma pessoa na moto é infração gravíssima punida com multa de R$ 293,47. Mas lembre-se que levar crianças abaixo de sete anos ou pessoa sem condições de cuidar da própria segurança – alguém embriagado, por exemplo – na garupa também acarretar multa e leva a responder o processo.

AOGUIDAO_crianca
Transportar criança com menos de sete anos é proibido e a multa é de R$ 293,47
AOGUIDAO_GARUPA
Transportar mais de uma pessoa na garupa pode acarretar multa de R$ 293,47

Chinelo não pode

Pode parecer óbvio, afinal o capacete é o principal item de segurança do motociclista, mas circular sem o capacete, tanto piloto quanto garupa, é passível de multa de R$ 293,47 e vai acabar em “gancho” do seu direito de dirigir. As mesmas punições valem para quem pilotar usando apenas sandálias de tira ou vestimenta não apropriada.

AOGUIDAO_multas
Encontrar motociclistas rodando sem capacete é comum nos rincões do Brasil
AOGUIDAO_CAPACETE
O capacete também é obrigatório para o garupa, sua ausência gera multa de R$ 293,47 e CNH cassada

Luz apagada

Um (mal) hábito, comum entre muitos motociclistas, circular com o farol apagado, seja por esquecimento, desconhecimento ou problemas mecânicos, também rende multa de R$ 293,47. E por colocar em risco a segurança do próprio condutor e de outros também vai cassar sua CNH. Para evitar esse “erro”, as motos mais modernas já acendem o farol ao girar a chave.

Descaso com o velocímetro

Muitos lamentam quando são multados por excesso de velocidade a 68 km/h quando o limite era 60 km/h. Mas saiba que transitar em velocidade 50% acima da permitida dá multa de R$ 880,41. E, em alguns casos, é fácil acontecer isso. Em locais próximos a escolas, por exemplo, onde a velocidade máxima é de 30 km/h, caso passe em um radar a 46 km/h, o piloto estará cometendo uma infração gravíssima e terá que pagar a multa e ficar sem pilotar por alguns meses.

Bebeu? Não pilote

Estar embriagado e assumir o guidão da moto, além de ser extremamente perigoso, é um dos motivos que leva a suspensão do direito de conduzir sua moto por um ano, além de multa de R$ 2.934,70. Essas também são as punições para quem se recusa a fazer o teste do bafômetro.

Pare

Muita gente tenta furar o bloqueio ao se deparar com uma blitz de fiscalização. Tal atitude custa a abertura do processo administrativo e multa de R$ 293,47. E ainda pode acarretar problemas com a polícia.

Fechar a rua

Usar a moto, ou qualquer outro veículo, deliberadamente para fechar a via – impedindo ou dificultando a passagem de outros veículos – pode custar ao proprietário a salgada multa de R$ 5.869,40 e a suspensão da CNH.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


+ 6 = dez